Tudo sobre Ar Condicionado

O Meu Aparelho de Ar condicionado de Janela Congela!

10/05/2010 21:28
Porque é que os aparelhos de ar condicionado de janela congelam?

Um dos problemas mais frustrantes dos aparelhos de ar condicionado de janela é quando começam, a congelar. Para o dono do aparelho, pode ser desconcertante.

Quando este problema ocorre, a maior parte das pessoas pensa imediatamente na falta de gás no refrigerador. Mas a maior parte das vezes, o motivo não é esse, é o surgimento de outros problemas.

A maior parte das vezes o ar condicionado de janela, começa a congelar devido à pouca circulação de ar

Sempre que o fluxo de ar num ar condicionado de janela é restringido, o sistema de arrefecimento é afectado. Se levado ao extremo, o exigente equilíbrio pressão-temperatura da bobina de arrefecimento pode ser modificado. Se estes baixarem muito, a temperatura da superfície das bobines pode descer abaixo do ponto de orvalho da temperatura da sala.

Quando isto acontece, a bobina de arrefecimento começa a trabalhar como um frigorífico, em vez de ar condicionado. Em vez de simplesmente arrefecer o ar, ela começa a captar e a reter a humidade. A humidade começa a gelar para cima da bobina de arrefecimento e a formar camadas de gelo.

A primeira função dum ar condicionado de janela é desumidificar, e não congelar o ar da sala

Ao eliminar a humidade da sala, isso dá-nos uma sensação de conforto. A temperatura da bobina de arrefecimento deve ser superior à do ‘ponto de orvalho’ da sala. Se a temperatura descer abaixo desse ponto, o ar condicionado de janela começará a congelar.

Com esta informação presente, anote os seguintes problemas que poderão fazer com que os eu ar condicionado comece a congelar:

1. Filtro sujo – Para evitar isto, substitua ou limpe os filtros, do seu ar condicionado de janela, a cada duas semanas, durante a época do calor. Se for fumador, faça-o semanalmente. Para proceder à limpeza dum filtro, remova-o do aparelho, molhe-o completamente e coloque-o no fundo duma tina. Espalhe detergente (o detergente de lavandaria serve muito bem) na superfície do filtro. Deixe em repouso durante alguns minutos. Enxagúe com água tépida até que não restem resíduos de detergente. Deixe-o ficar mergulhado em água durante cerca de 15 minutos. Retire-o da água e torne a enxaguar. Deixe-o secar ao ar.

2. Bobina de arrefecimento suja ou entupida – Um ar condicionado de janela requer manutenção regular. Normalmente, a cada dois ou três anos. Uma vez por ano seria o ideal, mas isto pode ser muito caro, a menos que seja você mesmo a fazê-lo. Durante a limpeza a bobina de arrefecimento deve ser desengordurada e lavada para lhe retirar resíduos e sujidade acumulados.

Desengordurar é muito importante, para retirar todo e qualquer resíduo de cotão da bobina. Se isto não for feito, os resíduos de gordura poderão entupir as passagens de ar, do ar condicionado de janela. Os resíduos de gordura acumulam-se na tubagem a começam a impedir a circulação do ar. Se isto se mantiver, pode resultar em que a bobine de arrefecimento fique bloqueada. Isto produzirá um baixo fluxo de ar.

3. Bobina de condensação suja ou entupida – A bobina de condensação está colocada na parte de trás do ar condicionado de janela. A sua tarefa é dissipar o calor que vai sendo removido da sala. Da mesma forma que a bobina de arrefecimento, esta deve ser também limpa a cada par de anos.

Porque o condensador está situado fora da caixa, fica exposto a muito pó, pólen e fumo. Visto que o fluxo de ar corre de dentro para fora, é a face interior do condensador que acumula a sujidade. Portanto, para ser limpa, esta parte do aparelho do ar condicionado de janela tem que ser desmontada.

Se não for limpa com regularidade, um bloqueio do fluxo de ar pode até queimar o compressor. Evite que isto aconteça, porque o baixo fluxo de ar afectará todo o funcionamento do aparelho. Pode acontecer que a eficácia do compressor baixe e o binómio temperatura-pressão seja afectado, com a consequente acumulação de gelo na bobina de arrefecimento.

4. Compressor ineficaz – Como já acima foi descrito, um compressor ineficaz pode causar acumulação de gelo, no seu ar condicionado de janela. Se o compressor não conseguir bombear o gás refrigerador correctamente, a bobina de arrefecimento pode não fazer o frio suficiente para fechar o controlo de frio. Pode ser suspenso até ao ponto de corte.

Quando isto acontece, a bobina de arrefecimento começa a congelar. O resultado é a acumulação de gelo na bobina de arrefecimento, do ar condicionado de janela. Se o compressor estiver em falha, o condicionador de ar terá que ser substituído.

Mas tome nota de que muitos dos problemas com a acumulação de gelo são mal diagnosticados, como sendo por avaria dos compressores, quando a realidade é que o problema é um dos que já acima foram referidos.

5. Falta de gás refrigerador ou gás a mais – Ambos os cenários podem resultar em acumulação de gelo. Se o seu ar condicionado de janela foi reparado há pouco tempo, você deverá suspeitar que o problema seja gás a mais. Junto com um problema de fluxo de ar, isto pode ser de diagnóstico difícil.

Se o seu ar condicionado de janela não foi recentemente reparado, então você deverá suspeitar de problemas de fluxo de ar, antes de começar a pensar que sejam problemas na quantidade do gás.

6. Temperatura exterior muito baixa – Pode criar-se gelo se a temperatura exterior for abaixo dos 15º C. Se a temperatura exterior for muito baixa, a relação temperatura-pressão pode ser afectada. Quando a temperatura exterior baixa, a temperatura da bobina de arrefecimento baixa também. Baixa tanto que a bobina irá congelar o ar da sala.

O resultado é que a bobina de refrigeração começa a produzir gelo. Este problema surge mais vezes no Outono. Se estiver calor durante o dia e frio durante a noite, você deverá suspeitar que este problema é causado pela acumulação de gelo. Se suspeitar que o problema seja este, experimente pôr o ar condicionado de janela a trabalhar na posição de ventilação apenas. Deixe abrir-se a circulação de ar. Este circulará pela sala sem a arrefecer, enquanto trás um pouco do ar exterior durante a noite.

7. Tamanho desproporcionado do aparelho – Se o seu ar condicionado de janela for grande demais para a dimensão da sala, isso pode resultar em acumulação de gelo. Se for grande demais, pode entrar em curto-circuito. Isto dá-se quando começa a trabalhar a pára passados alguns minutos. Mesmo que trabalhe continuamente, o aparelho fará pouco ar fresco. Use uma tabela de dimensões para determinar qual o tamanho adequado do aparelho de ar condicionado de janela para a sua sala.

8. O controlo de frio não desliga – Se o controle de frio não desligar, a temperatura da superfície da bobina de arrefecimento baixará do ponto de humidade e esta começará a congelar. Isto fará com que o gelo se vá acumulando na bobina de arrefecimento.

9. Lâmpada de controlo de frio fundida ou perdida – Tal como no parágrafo anterior, isto resulta em que o controle de frio não desliga e na acumulação de gelo na bobina de arrefecimento. Se suspeitar que isto acontece, remova a grelha frontal e inspeccione a lâmpada. Se estiver fundida, substitua o controlo de frio. Se estiver torto, dobrado ou mal apertado, é porque há ali um problema.

Estes são os principais motivos e/ou causas porque o seu ar condicionado de janela pode começar a congelar.

Voltar

Pesquisar no site

Total Frio Refrigeção© 2010 Todos os direitos reservados.

Web grátis Webnode